Pedreira Pitangueira

Geossítio do tipo “pontual”, localizado na Estrada das Pitangueiras, a menos de 500 metros da rodovia federal BR-392, com acesso a 800 metros do entroncamento com a BR-153, na porção centro-sul do território do projeto geoparque.

 

Frente de lavra pequena e desativada, utilizada no passado para a extração de minerais de argila altamente resistentes, apropriados para a produção de porcelanato.

 

São ritmitos (arenitos e siltitos intercalados) de 580 milhões de anos, deformados, dobrados e submetidos a um forte aquecimento pelo soterramento (anquimetamorfismo).

 

Apresenta grande potencial didático. Há um projeto para transformá-la em uma “pedreira-escola” para o ensino de geociências.